Diz que é uma espécie de reforma do Estado

Governo e a troika estão a reduzir a reforma do Estado a uma questão financeira, empobrecendo o debate. Temas como corrupção, justiça, captura do Estado e dos Governos pelo sector privado, desigualdades no acesso a oportunidades ou a falta de concorrência estejam arredadas do discurso e da avaliação. Isto apesar de ser fácil argumentar que estes são problemas mais graves do que o excesso de professores, os privilégios de pensionistas ou o prémio salarial no Estado.

Visto por Dentro, 14 de Janeiro de 2013

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s