A vergonha da reestruturação da dívida

Nos últimos dois anos os países da periferia aplicaram receitas de austeridade que nenhum dos Governos credores aceitaria em sua casa, especialmente tendo em conta os seus resultados. A austeridade provou-se mal calibrada e insuficiente como instrumento de contenção da crise, como atesta a escalda do desemprego para níveis inaceitáveis e que vão dos 14% da Irlanda aos mais de 25% na Grécia. Estes valores devem desassossegar-nos para além de palavras e estratégias de médio e longo prazo. Não esgotar todos os instrumentos possíveis para acelerar uma inversão da situação só nos pode envergonhar enquanto europeus

Visto por Dentro, Jornal de Negócios, 30 de Setembro, 2012

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s