E você, é bom gestor?

Um dos principais problemas nacionais e um dos maiores enviesamentos da troika: em três anos de intervenção pouco ou nada se discutiram as práticas de gestão do sector privado. Nunca é tarde para começar.

Em vez de gastarem tanto do seu tempo a criticarem a gestão no sector público, como se o Estado pudesse ser a raiz da maior parte dos males do País, muitos dos responsáveis empresariais deveriam aproveitar alguma dessa energia para promoverem uma reflexão sobre as suas próprias práticas de gestão, e como podem ser melhoradas através da intensificação de actividades de formação e de “networking” internacional. Os governos deveriam fazer a sua parte, estimulando a formação de gestores, em particular nas PME, e promovendo a fusão de empresas e a inovação, como aliás recomendado já no passado a nível europeu.

Na última década e meia Portugal caiu numa armadilha de crescimento baixo que precisa de ser ultrapassada. Há vários choques externos que contribuem para esta estagnação (da moeda única à concorrência chinesa), mas como evidenciaram recentemente três economistas da Universidade do Porto (Mendes, Silva, Silva, FEP, 2014) não devemos ignorar que Portugal tem usado de forma ineficiente os recursos disponíveis. Os gestores são essenciais para inverter esta situação. Para início de debate talvez possam começar por responder a uma simples questão: e, você, pensa que é bom gestor?

14 Dezembro 2014, Visto por Dentro

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s